Nova ZelândiaOceaniaViagem

Milford Track dia 1

19/12/2016 — by Mariana Isnard Carneiro0

main

Nova ZelândiaOceaniaViagem

Milford Track dia 1

19/12/2016 — by Mariana Isnard Carneiro0

No tão esperado dia do início da caminhada nós acordamos, tomamos um café da manhã reforçado, deixamos parte da nossa bagagem armazenada no hostel em que estávamos hospedados em Te Anau e seguimos para o DOC, apenas com o essencial em nossa mochila (confira em breve um post com todos os detalhes do que levar).

Do DOC de Te Anau nós seguimos de ônibus para Te Anau Down e, de lá, pegamos um barco até o começo da trilha. Todos os translados foram reservados e pagos no momento da inscrição, assim como todas as cabanas. Existem diferentes pontos e horários que é possível estar para começar a trilha. Confira em breve o passo a passo para fazer a inscrição da Milford Track.

Nesse primeiro dia, a caminhada foi bem curta, apenas 4,5 quilômetros. O ruim foi que percorrendo apenas essa distância os outros dias ficam mais sobrecarregados, mas o lado bom foi que pudemos começar a nos acostumar com a caminhada com a mochila nas costas e as várias paradas para contemplar e fotografar a natureza ao longo do trajeto.

A trilha acompanha o leito do rio por todo o percurso, em uma mata já muito preservada, mas ainda não tão fechada. Passamos por uma linda ponte para cruzar o rio e as montanhas cobertas de neve no topo já começaram a aparecer ao fundo.

Chegamos à cabana Clinton Hut ainda empolgados, com adrenalina nas veias e muito tempo até o fim do dia, já que nós escolhemos por pegar o primeiro ônibus e barco do dia. Aproveitamos para passear por perto e aproveitar o rio que passava por perto (mas nesse dia não tivemos coragem de entrar na água, a temperatura dela estava congelante).

AS 17h Ross, o guarda florestal da cabana Clinton fez um tour guiado pela proximidade para falar da flora e fauna da região. Em seguida nós preparamos o jantar e aproveitamos para conversar com outros viajantes. Foi quando conhecemos Glen, Aimee, Ally, e Jeremy, com quem jantamos todos os dias e dividimos algumas vivências.

Ross, o guia florestal, apareceu novamente para falar sobre a caminhada do dia seguinte e a previsão: chuva! Após o jantar esperamos escurecer (quase 22h) e fomos ver os glowworm nas cachoeiras próximas (glowworm são bichos que ascendem no escuro, tipo vaga-lume). Não foi aquela vista incrível como aquelas cavernas com o teto todo coberto por eles, mas foi bonito e divertido. Voltamos para a cabana e fomos dormir, pois o dia seguinte iria testar nossas forças em uma caminhada gelada de 16 km debaixo de chuva e com a mochila nas costas.


Confira os outros dias da trilha

Milford Track: uma das caminhadas mais bonitas do mundo
Milford track dia 2
Milford track dia 3
Milford track dia 4

Confira alguns produtos da nossa volta pelo mundo aqui.

De sua Pitada...

%d blogueiros gostam disto: