DicasViagem

Viajar não significa abandonar os exercícios

30/09/2016 — by Mariana Isnard Carneiro0

main

DicasViagem

Viajar não significa abandonar os exercícios

30/09/2016 — by Mariana Isnard Carneiro0

Uma viagem, independente da duração, não precisa ser desculpa para deixarmos de praticar esporte ou nos exercitar. Muito pelo contrário, cenários diferentes podem até ser motivadores. Claro que manter uma frequência de exercício longe de casa demanda uma outra organização, mas, com determinação, é possível manter-se em forma e, inclusive, atingir novos objetivos.

Rotina de exercício

Evidente que uma viagem mexe com qualquer rotina de exercício e, para que dê certo, é preciso criar uma nova rotina para o corpo se acostumar e não te desmotivar. Mas essa nova rotina pode, e deve, ser flexível, já que os dias em uma viagem não tem a mesma regularidade que na sua cidade de origem. Um dia de passeio em que você fica, literalmente, 4 horas subindo escada e mais 2 horas descendo, com certeza afeta seus planos iniciais, entretanto, já é um baita exercício que deve ser incorporado e considerado. E, pelo menos nós, costumamos andar muito nos vários destinos que visitamos, cerca de 10 quilômetros por dia.

A frequência de exercícios é fundamental para evitar aquela sensação de primeira semana de treino que dá toda vez que fazemos uma pausa, na qual o seu corpo todo dói e dá uma vontade danada de desistir. Durante esses 9 meses na estrada, aconteceram duas vezes comigo essa parada e, por isso, me forço a me mexer sempre que dá aquela preguicinha. E com certeza vale a pena!

corrida-italia

Exercícios diversificados

Em uma viagem é muito fácil e gostoso diversificar exercícios: andar, correr, subir escada, andar de bicicleta, nadar, remar, surfar, se exercitar no quarto de hotel ou em uma praça ou parque e até frequentar academia. Inclusive, aproveite que está em novos ares e se permita experimentar esportes e exercícios diferentes, que você nunca pensou, ou que sempre sonhou, mas nunca tinha colocado em prática. Confira os passeios que fizemos de bicicleta nas vinícolas de Mendoza e nos templos do Camboja.

bicicleta-vietnam stand-upremo-vietnam prancha-bangkok

O Alê, por exemplo, aproveitou a viagem para conhecer e treinar em box de crossfit em todas as cidades que visitamos e que havia crossfit. Uma ótima forma de, além de se exercitar e manter a frequência, conhecer novas pessoas, ficar mais em contato com a cultura do local e explorar regiões não muito turísticas (onde costumam ficar os locais de treino).

crossfit

Já eu, gosto de correr e, claro, o Alê me acompanha. Além de correr, costumo fazer alguns exercícios de fortalecimento para não me machucar durante as corridas e conseguir evoluir.

Onde se exercitar

Se você quer mesmo se exercitar, definitivamente, lugar não é o problema. Pode ser em uma praça, em um parque, na rua, na praia, na montanha, no quarto de hotel, em uma piscina, em uma academia e onde mais sua imaginação quiser.

Nós, por exemplo, quando não há um lugar apropriado para correr, usamos a própria calçada ou rua. Claro que não é o ideal e as pessoas, os cruzamentos e o sobe e desce das calçadas atrapalham, mas não são desculpa para ficarmos parados.

corrida-chiang-mai

Falta de orientação de um profissional

Quando estamos em uma viagem, é comum não termos uma orientação de um profissional para realizarmos os exercícios de forma correta e evitar lesões. Portanto, é importante conhecer o próprio corpo e escutá-lo quando ele enviar algum sinal. Afinal, o que menos queremos em uma viagem, seja ela de poucas semanas ou vários meses, é se machucar. Pode atrapalhar seus planos de visita às cidades e te deixar longe dos exercícios por um bom tempo.

Alimentação e hidratação

É comum em viagens pularmos refeições ou não nos alimentarmos de forma correta. Entretanto, quando praticamos exercício é importante se atentar para a alimentação e hidratação. Dessa forma, teremos energia e evitaremos passar mal ou ficar doente.

Horário e Clima

Quando viajamos para um país ou cidade diferente, é preciso se atentar ao clima do novo local, pois ele impacta bastante no desempenho e no bem-estar. Se o lugar é muito quente, procure se exercitar nas primeiras horas da manhã ou final de tarde/ noite. Se o local é muito seco, se hidrate mais durante todo o dia. É importante também se atentar ao clima para vestir a roupa mais adequada.

Enfim…

Exercícios podem muito bem se encaixar ao seu roteiro de viagem. É possível estabelecer uma rotina de exercício durante o período que ela durar e até descobrir novas opções de esportes para voltar com pique total para sua cidade de origem.


Confira nossa loja com produtos feitos com fotos da nossa viagem pelo mundo aqui.


Veja também

Como visitar os templos do Camboja de bicicleta 
Passeio de bicicleta pelas vinícolas de Mendoza
Plitvice Lakes o paraíso das águas na Croácia
Las Leñas, o paraíso de neve próximo ao paraíso dos vinhos argentinos
Nossa primeira experiência de trabalho em troca de hospedagem e alimentação
Parques em Tóquio
Um olhar para os espaços públicos

 

De sua Pitada...

%d blogueiros gostam disto: